sábado, 29 de setembro de 2012

Visitem o Grupo no Facebook...

Gold
Boa Tarde Amigos!!
Virei Só Para A Semana,Postar Mais Alguns Artigos Interessantes...
Mas Até Lá Podem Muito Bem Visitar o Grupo no Facebook,Onde Coloquei Videos Diversos e Albuns Com Imagens Incriveis.
 Foto: Castelo Em Ruinas
Cliquem na Imagem Acima Para Irem Directamente Para o Grupo,Ou Cliquem no Widget do Facebook Ao Lado na Pagina do Blog.
Boa Visita e Divirtam-se Muito Neste Fim de Semana de Outono...Até!!!
Gold

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Serão os Leões Asiáticos,Encontrados na Turquia,Obra dos Hititas?

 

Após quase uma década desde o início dos estudos, de duas grandes Estátuas de Leões Asiáticos,encontradas na Turquia ainda continuam a despertar a Curiosidade dos Arqueólogos. Os Investigadores responsáveis,calculam que elas foram esculpidas entre 1400 e 1200 aC, época em que os Leões Asiáticos ainda habitavam a Região. Uma delas está localizada no Vila de Karakiz, e a outra a Nordeste do local.
De acordo com os Pesquisadores, essas obras foram realizadas por Escultores do Império Hitita, que dominou por Séculos a grande parte da Anatólia (no extremo Oeste da Ásia) até se dividir em várias Cidades-Estado, em 1180 aC.
Ambas têm cerca de 2 m. de comprimento na base e peso somado de quase 5 toneladas, as esculturas sofreram a ação de Saqueadores antes das buscas oficiais (iniciadas em 2002, seguidas por estudo de campo que continua até hoje).

“Existe uma crença de que Monumentos como estes guardam Tesouros”, disse o pesquisador Geoffrey Summers, da Universidade Técnica do Oriente Médio (Turquia).

Summers acredita que, numa caça ao Tesouro,dinamitaram as estátuas.
Curiosamente, não foram encontrados vestígios de Habitações Hititas próximos às obras, o que descarta a hipótese de que elas faziam parte dos Portões de uma Cidade ou de um Palácio,como era habitual e por causa do peso, dificilmente poderiam ser transportadas. Assim, sugerem,que a resposta deve estar nas proximidades de onde foram encontradas.

“É muito provável que os Monumentos estariam associados a uma das muitas fontes próximas do local”, disse Summers.

De acordo com Estudos, o Povo Hitita era conhecido por atribuir valores Sagrados à Natureza e em especial à água, que consideravam um Elemento purificador.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Poderão Os Códices Cristãos,na Jordânia,São Falsos?

 
Os 70 livros de metal Descobertos numa Caverna na Jordânia que foram aclamados como os primeiros Documentos Cristãos,são na realidade...Falsos?
Foram Datados de poucas décadas após a Morte de Jesus, os Estudiosos diziam que os “cCódices” eram a Descoberta Arqueológica mais importante da História,com páginas em chumbo fundido, ligadas por anéis de chumbo.
Mas recentemente o Tradutor Aramaico, Steve Caruso, concluiu a sua análise dos Livros, e afirma ter uma evidência irrefutável de que eles são falsos.
 
O especialista obteve fotos de todos os textos. Examinando-as atentamente, confirmou que havia um monte de formas de Escrita Aramaicas velhas (com pelo menos 2.500 anos), mas percebeu que elas estavam misturadas a outras formas de Escrita mais jovens... concluiu que nunca havia visto um tipo de mistura daquelas. Os manuscritos mais novos que ele Identificou, chamados Nabatean e Palmira, datam do segundo e terceiro Séculos, o que prova que os Documentos não poderiam ter sido Escritos durante os primórdios do Cristianismo.
Segundo esta nova análise, mesmo os Manuscritos mais Antigos foram Escritos por alguém que não sabia o que estava fazendo. Há inconsistências no modo como foi feita a ordem da Escrita. O Pesquisador afirma que os Escribas tinham formas muito específicas de escrever. Além disso, vários Caracteres apareceram “Tremidos”, um erro que implica que eles foram copiados às pressas, e não são Originais.
O Arqueólogo Grego, Peter Thonemann, já tinha afirmado que as imagens que aparecem nos códices, incluindo uma de Cristo na cruz, eram anacrónicas. Segundo ele, a imagem que dizem ser Cristo é na verdade o Deus do Sol Hélios, a partir de uma moeda que veio da ilha de Rodes. Também há algumas inscrições em Hebraico e Grego nos Manuscritos. O Arqueólogo acredita que os Códices foram Falsificados nos últimos 50 anos.
Assim os Livros foram desacreditados totalmente. Apenas o Estudioso de Arqueologia Religiosa Antiga, David Elkington, continua a acreditar na Autenticidade dos Códices. Durante meses, ele e a sua equipe têm tentado ajudar o Governo Jordaniano a recuperar os Códices de Israel, para onde foram contrabandeados.
Eles argumentam que os Códices mostram imagens de Jesus com Deus, bem como um mapa de Jerusalém e um texto discutindo a vinda do Messias. Além disso, os livros foram supostamente encontrados perto de onde refugiados cristãos acamparam, na época.
Mas  David,está em maus lençois ,devido a estar sem credenciais Academicas... Assim,outros Estudiosos questionam que o “Arqueólogo Britânico” não é um Arqueólogo,na Realidade e que muitos dos seus trabalhos não seriam aceites por qualquer Academico ou Estudioso.
Os Especialistas que fizeram análises posteriores dos Códices – e que concluíram que eles são falsos – reclamam do embalo dos meios de comunicação. Segundo eles, a mídia acabou dando um impulso para o assunto.
Relíquias Cristãs Falsas são relativamente comuns. Segundo os Pesquisadores, as pessoas querem muito encontrar provas materiais dos dois primeiros Séculos do Cristianismo, mas isso é muito difícil porque o número de cristãos neste período era muito pequeno – provavelmente menos de 7.000 por 100 d.C. – e eles não se distinguiam materialmente dos seus irmãos Judeus.

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Será Lisa Gherardini, a Monalisa...ou Não?

 Quem não conhece a Famosa Monalisa de Leonardo da Vinci?Mas a verdade é que ninguém conhece os Mistérios que se esconde por trás desse sorriso e cada vez mais se adensa a incógnita...Quem é ela?
 Estudiosos tentam decifrar  Enigma de Monalisa,ou Gioconda(como também é conhecida...)e no ano passado, o Comité Nacional para a Valorização dos Bens Históricos da Itália descobriu inexplicáveis números e letras inscritos nos seus olhos – mais um dos Códigos de Da Vinci...
Silvano Viccenti, quer exumar o corpo da mulher que pensa-se,até agora, ter inspirado o quadro.Lisa Gherardini Del Giocondo pertencia à Nobreza Florentina, da época de DaVinci,Vicenti deseja extrair amostras de DNA e recriar o seu rosto,para,enfim tirar-se as dúvidas de uma vez por todas.
Os ossos da mulher(que se pensa ser o de Lisa),muito bem conservados,foram exumados num Convento abandonado de Florença.
Até agora foram descobertos vários corpos na busca pelos restos mortais de Lisa Gherardini,
Segundo Silvano Vinceti, director da equipe de Arqueólogos;

 "Este esqueleto em particular é muito promissor, mas ainda será preciso fazer testes para comprovar sua identidade.Creio que chegamos à parte realmente emocionante para os Investigadores, a conclusão de nosso trabalho no qual nos aproximamos da pergunta-chave;encontraremos ou não os restos de Lisa Gherardini?"

Os Arqueólogos começaram a escavar no ano passado, quando novos Documentos confirmaram que Gherardini, a esposa de um rico negociante de seda Florentino chamado Francesco del Giocondo, viveu no Convento depois da morte do seu marido, onde as suas duas filhas Freiras cuidaram dele e onde, em seguida, ela foi enterrada.
Acredita-se que Del Giocondo encomendou o retrato a Da Vinci e, apesar de não existirem provas tangíveis, a maioria dos historiadores está de acordo que Lisa Gherardini serviu de modelo para o retrato que hoje pode ser admirado no Louvre de Paris.
Os pesquisadores submeterão agora os restos do esqueleto conservado a uma série de testes para confirmar se pertencem a Gherardini, na esperança de reconstruir seu rosto e compará-lo com os traços faciais da pintura de Da Vinci.

"Os testes com carbono-14 nos permitem datar o período para saber se os restos são de meados do século XVI. Depois faremos testes para conhecer a idade da pessoa quando morreu. Sabemos que Gherardini tinha 62 ou 63 anos quando morreu", afirmou Vinceti.-"Depois vem o teste mais importante, o do DNA, porque temos os restos mortais de suas filhas. Se corresponderem, saberemos que são os restos da modelo que inspirou a Monalisa"
A Identidade da Mona Lisa e  seu Enigmático sorriso são um dos grandes Mistérios da História da Arte e os Arqueólogos da equipe Italiana desejam desvendá-lo.
Segundo Vicenti, Da Vinci escondeu a verdadeira Identidade da Monalisa nos olhos da pintura. O pintor acreditava que os olhos eram a janela da alma, logo, o lugar perfeito para esconder o segredo da Mulher.
Vicenti descobriu as letras “LV” na pupila direita da Monalisa. Obviamente, essas são as iniciais de Leonardo. Mas o que está na pupila esquerda é ainda mais fascinante.
As letras são “B” e “S” e poderiam apontar para a identidade da Mulher.
Vicenti também descobriu o número “72” ou “L2” escondido no arco da ponte, no fundo da direita da pintura.
A hipótese mais aceita sobre a Identidade de Monalisa é que ela era a esposa de um mercador, Lisa Gherardini, mas Silvano diz que isso não é verdade. Outro número descoberto no quadro, 149 (e mais um numero apagado), levanta a possibilidade da Monalisa ter sido pintada no ano de 1490, enquanto Leonardo estava na corte do duque Ludovico Sforza, em Milão.
Silvano Vinceti precisa de estudar o esqueleto,para ter a certeza,se era ela de facto,a Modelo do quadro ou para aprofundar mais a sua certeza de que não era uma Mulher...mas um Homem.Ele acredita que o Modelo usado para a pintura da obra-prima  foi o seu aprendiz e amante, Gian Giacomo Caprotti, conhecido como Salai.
O jovem Salai trabalhou com Da Vinci por mais de duas décadas, e serviu também,de modelo para o retrato de São João Batista. As semelhanças entre o nariz e a boca de S. João e de Mona Lisa apoiam a afirmação de Vinceti.
Se assim for,tem razão de ser esse Enigmático sorriso...

sábado, 22 de setembro de 2012

O Robin Hood da Eslovenia...

 Nesta impressionante Castelo,escavado na montanha a 123 metros de altura,morreu o Barão Erazem Lueger. Segundo a Lenda, o Barão tornou-se um fora da lei como Robin Hood, dirigindo emboscadas hábeis na floresta e nas estradas para apreender os bens dos ricos, e depois dividir o saque entre as famílias pobres.

Durante a guerra entre o Rei da Hungria e da Boémia, Matias Corvinus, e o Imperador do Imperio Sacro Germanico, Frederico III, o Barão decidiu apoiar o primeir. A Lenda diz que Matias era um bondoso e justo Governante que se importava com os necessitados. Dizia-se que ele costumava vestir-se como um Plebeu,para vigiar os Barões e os juízes para comprovar que  a justiça era feita para com as pessoas mais pobres. Isso lhe valeu o título de "Matias, o Justo". Mas, na actualidade, acredita-se que se o Monarca realmente tivesses usado disfarces para passar despercebido era para espionar os seus servos e os governadores,garantindo que eles não o íam trair aliando-se aos Turcos.
 
 A Lenda narra que o Barão Erazem  e o rei Matias, unidos pela sua preocupação com o povo e com a prosperidade da Hungria, tornaram-se Aliados contra o "Malvado"Imperador Germanico. 
Mas, certamente, hoje em dia, o conceito de bondade é muito diferente do dessa altura, porque Matias Corvinus também se aliou a Vlad Dracula (o personagem pelo qual Bram Stoker se inspirou para criar o Famosos Conde Drácula), que em 1462,mandou ao Rei Hungaro dois sacos grandes com orelhas, narizes e cabeças de inimigos Turcos com uma carta na qual ele relatava que o seu exército tinha acabado com mais de 24.000 prisioneiros, sobretudo Turcos, que empalava junto com  as suas famílias  chamado "Bosque dos Empalados".Vlad odiava os Turcos,como sabemos,devido ao seu Cativeiro de 12 anos e foi devido aos empalamentos que ficou conhecido como Tepes(Empalador).

Em 1484 Frederico III ordenou a prisão do Barão Erazem Lueger. O Exército Austríaco, liderado por Casper Ravbar, Governador de Trieste, começou o cerco do local onde vivia o Barão,o Castelo Predjama, Castelo impressionante que foi considerado inexpugnável,devido ao seu dificil acesso...
  Não foi fácil acabar com a vida do Barão Erazem Lueger. O Castelo foi cercado durante o Inverno e na Primavera de 1484. A primeira coisa que o Exército Austríaco tentou fazer foi interceptar o fornecimento de alimentos para o Barão e os seus homens leais que não tiveram outra escolha se não deixar o seu refúgio. No entanto, Erazem,todos os dias,enviava aos soldados Austríacos todos os tipos de iguarias;peixe assado, cerejas frescas e legumes de todos os tipos. 
O exército de Frederico III desconhecia que o Castelo possuía um complexo sistema de tuneis que o ligavam com o exterior. Um vale fértil fornecia todos os tipos de legumes e frutas para o barão e para as gentes do Povo,a quem ele havia favorecido, estes enviavam os alimentos sem o Inimigo dar por isso.
 Esse Mundo Subterrâneo de 7.500 metros abaixo do Castelo, foi habitado desde o Paleolítico, portanto, Erazem foi apenas uma das muitas pessoas que beneficiaram deste sistema de Cavernas fascinante.
 
 Mas a Sorte do Barão terminou quando um dos seus servos, subornados pelo Exército Austríaco, decidiu traí-lo. Toda a astúcia de Erazem e a sua magnífica Fortaleza inexpugnável não o impediram acabar com sua vida de uma forma muito simples; o servo colocou uma bandeira onde o barão estava para que soldados atirassem uma enorme pedra por um canhão. A Lenda narra que o lugar onde havia menos proteção era o banheiro e estando nele,Erazem Lueger,foi alcançado e morto . Certamente um final pouco Heróico para o Famoso Barão!!

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

O Medico Português de Isabel I

A 5 de Julho de 2011,o Principe Carlos de Inglaterra dizia num discurso em Londres;

"Há mais de 430 anos,esta Sala foi cenario do Julgamento de Rodrigo Lopes,o Médico Judeu da rainha Isabel I.Lopes foi falsamente acusado pelos que invejavam a sua influência na Corte.Foi,aqui,Condenado á Morte.A Rainha tentou evitar a sua Execução,mas em vão!!!"

Estas palavras foram proferidas a propósito dos 250 anos do "Board of Deputies of British Jews",uma influente associação Inglesa de Defesa dos Interesses Judeus.O que Carlos não referiu(e que pouca gente o sabe...)é que esse Medico Judeu era Português.
Rodrigo Lopes nasceu a 1525,no Crato,no Alentejo,e,como o pai,Judeu,tornou-se Medico.Mas a falta de Horizontes(além das perseguições feitas pela Inquisição),levaram-no a partir para Inglaterra,onde havia já outros Judeus Portugueses Exilados...Acabaria por casar com a filha de um deles.
Lopes chegou a trabalhar num grande Hospital Londrino,S.Bartolomeu,mas tornou-se célebre quando chegou a Medico de Isabel I,por sugestão de alguns dos assessores da Rainha que eram seus doentes.
Os tempos eram conturbados devido á "Invencível Armada Espanhola".Com a morte de D.Sebastião,o Trono Português ficou á Mercê de Espanha,uma ameaça para a Inglaterra.
Um ds Pretendentes era D.Antonio,Prior do Crato,velho amigo de Rodrigo Lopes-e foi assim,que o Medico se tornou uma Ponte entre a Corte Inglesa e os Residentes Portugueses aos Espanhois.Estes conseguiram o que queriam e Rodrigo Lopes,não se saiu bem desse Desaire.Pior,as danças de Poder tornaram-no num Bode Expiatorio,;ele teia um Plano para Envenenar a Rainha,a mando de Espanha.Isabel I,que o considerava um Amigo,nunca acreditou nessa Acusação,apesar de não conseguir evitar a sua Morte.Talvez por isso tenha Decretado algo Raro em casos Semelhantes de Traição;

"Deu á Familia de Lopes o direito de ficar com todas as suas Propriedades"-recordou Carlos no seu Discurso.