quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Pavlopetri,a Cidade Submersa Mais Antiga do Mundo


 Pavlopetri, na Grécia, é a Cidade submersa mais Antiga do mundo, com 5.000 anos e alguns dizem que as suas ruinas são vestígios da Lendária Cidade de Atlântida . 
O nome Pavlopetri ("de Paulo e Pedro", ou a "Pedra de Paulo") é o nome moderno da Ilhota e da praia, que aparentemente recebeu o nome dos dois Santos Cristãos que são celebrados juntos; o Nome ou Nomes Antigos são Desconhecidos.

 A Cidade de Pavlopetri fica  ao largo da costa do sul de Laconia, no Peloponeso e a sua área total tem 50.000 metros quadrados de edifícios, ruas e túmulos e dá pistas de que a região foi um importante pólo comercial.As paredes dos edificios são feitas de aeolianite, arenito e calcário blocos sem cortes, e foram construídas sem argamassa.
Pavlopetri era,presumivelmente,uma Cidade próspera onde os habitantes comercializavam localmente e em longa distância,em todo o Mediterrâneo.A sua areia e Baía bem protegida teriam sido ideaia para aportar  os navios da Idade do Bronze.
Foi Descoberta em 1967 por Nicholas Flemming e mapeada em 1968 por uma equipe de Arqueólogos de Cambridge.
Provavelmente, a Cidade afundou-se devido aos frequentes Terremotos que acontecem na região.

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Os Misteriosos Essenios

Os Essenios eram umas das Seita judaicas que existiram na Palestina, no Oriente Médio, entre os séc. 2 a.C. e 1 d.C. Para além deles existiram os Saduceus e os Fariseus.
Entre estes três grupos talvez os Essenios sejam os que estão mais envoltos em mistério, quanto á sua cultura e suas actividades. Três Escritores da Antiguidade relataram sobre eles;Flavius Josephus, Plinius e Philon de Alexandria. A comunidade já estava activa no tempo de Jonatan Makkabeus (160-142 aC) e o seu desaparecimento coincide aproximadamente com a destruição de Jerusalém (70 dC).
Flavius descreve que em todas as Cidades,da Palestina,tinham casas ou pousadas,onde eram acolhidos nas suas Peregrinações, ganhando toda assistência e alimentação,que precisavam. Plinius lembra também de uma comunidade de Essenios que vivia nas margens do Mar Morto, que era a comunidade de Qumram, mas também havia os Essenios que viviam na Síria e no Egipto. Os irmãos do Egipto eram chamados de "Therapeutas", Curadores.
Segundo Edgar Cayce,o famoso Vidente, Maria, José, João Baptista e o próprio Jesus eram Essenios. Cayce descreveu precisamente onde e como viviam os Essenios, que eles estavam espalhados pela Palestina e que o Messias viria da comunidade deles. Isto aconteceu onze anos antes de serem descobertos os Manuscritos do Mar Morto.Estes foram descobertos no final da década de 1940 em cavernas.
Santo Agostinho concordava com Eusébio (265 dC), em que os Therapeutas do Egipto eram Cristãos, e que eram predecessores do Cristianismo. Algumas Escrituras Sagradas do Cristianismo são originados dos Essenios.
Uma curiosidade com relação á sua forma de pensar e da sua fé é que reuniam princípios do Judaísmo associados a diversas outras Crenças. Acreditavam num unico Deus, na circuncisão e honravam rigorosamente o Sabbath,mas da mesma forma,as suas idéias tinham uma forte influência Persa, Pitagórica, Budista e Helenística. Eram capazes de sintetizar Crença de diversas religiões e assim qualificar mais ainda  a sua forma de ser.

O centro dos Therapeutas era na Alexandria, que também detinha a maior Biblioteca da Antiguidade. Lá eles aprenderam a Sabedoria da Cura e conheceram a Filosofia. Conforme Philon cita;

"Eles eram Curadores, Ascetas e Filósofos, ao mesmo tempo. A sua visão da vida era a seguinte; “Não juntem riquezas na Terra, mas sim no Céu, onde nem as traças a podem roer e nem a ferrugem poderá destruir”.

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Triangulo das Bermudas...e o Seu Misterio Continua...

 photo piramide-triangulo-bermudas_thumb_zpsz6ztlliv.jpg
O Triângulo das Bermudas continua despertar curiosidade nos Cientistas depois de recentes Descobertas de Piramides gigantescas de vidro (ou algo semelhante) ,no fundo do oceano.
Confira um trecho do artigo:
Estas estruturas estranhas subaquáticas estão a uma profundidade de 2000 m. e foram identificadas com a ajuda de um sonar de acordo com Oceanógrafo Dr. Verlag Meyer.
O uso de outros dispositivos permitiram determinar que estas Piramides de vidro são ambas feitas de uma substância cristalina e são quase 3 vezes maiores do que a Piramide de Quéops, no Egipto.
 photo Piracircmides no Triacircngulo das Bermudas_zpsps3gf3vu.jpg
Dr. Verlag acredita que uma investigação mais aprofundada destas Piramides poderia revelar mais informações sobre os casos de desaparecimentos misteriosos associados ao Triângulo das Bermudas,já que no topo de uma delas existe dois buracos muito grandes,com a água do mar em movimento,a alta velocidade,que passa através do segundo orifício,resultando em ondas turbulentas que rolam pela formação do vórtice gigante, fazendo com que as águas em torno deste, causem um aumento maciço de ondas e névoa sobre o mar, na superfície. Esta nova Descoberta faz com que os Cientistas se perguntem se este movimento terá efeito sobre os barcos e aviões,que se perderam nesta zona,e que poderia ser a razão para todo o seu denso Mistério.
Agora perguntamos;Que Civilização construiu estas Piramides...teriam sido os Atlantes?Se as Piramides São de Cristal,para que eram utilizadas...um Portal ou uma "Central Electrica"?
Este nosso Mundo nunca nos deixa de Surpreender!!!!

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Os Estranhos Parafusos Mais Velhos Que o Ser Humano

 photo 1-crinoid_small_zps5wsndscm.jpg Muitas são as peças que não têm explicação plausivel,seja no seu formato perfeito ou na datação e esta é uma delas...impossivel de decifrar...um estranho parafuso de 2,5 cm de comprimento ,incrustado numa rocha descoberta durante uma expedição realizada em Outubro de 1996, que buscava por fragmentos de um corpo celeste cuja queda foi relatada na região de Kaluga, na Rússia Ocidental.
A expedição foi organizada por um grupo chamado Kosmopoisk, uma organização científica responsável por investigar Ovnis, Criptozoologia e outras ciências...
A pedra foi analisada por Paleontólogos que determinaram que a sua idade era entre 300 e 320 milhões de anos.Incrivel,não é?Pois naquela época, não eram existiam,segundo os Cientistas afirmam,formas de vida inteligente na Terra, nem mesmo …os famosos Dinossauros.
A rocha foi examinada com raios-X, e para surpresa dos Pesquisadores, eles verificaram que havia mais um parafuso embutido,bem como duas pequenas bolas redondas que têm orifícios quadrados .
Os estudos feitos também excluíram a possibilidade de que se trataria de um fóssil chamado "Crinoidea", porque a sua dimensão é maior do que as amostras desses animais marinhos,que se pegam no fundo por meio de uma haste parecida com um parafuso, mas as suas roscas são tecnicamente diferentes e fáceis de distinguir de uma peça deste genero.

 photo Parafuso_zpsztng8jzu.jpg
A origem deste objecto continua a ser intrigante e inexplicável,colocando os Cientistas  em situação constrangedora,quando afirmam que o ser humano tem entre 3 e 1 milhão de anos..

Cada vez mais verificamos que a Historia toda está mal documentada e o que se aprende nas escolas é apenas teimosa idiotice!!!!Há que ter a mente aberta a novas Descobertas e redocumentar a Historia em todos os aspectos,seja Arqueologia,Paleontologia ou outras Ciencias que estudam a evolução dos seres humanos ou da Terra.Paraq ue as Historias de Antigas Civilizações não se percam na poeira do Tempo.

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

O Fantastico Lago Baikal...

Irkutsk Tmo 2009110
O Lago Baikal, na Sibéria Meridional é único em muitos aspectos. É o mais antigo,o maior e mais profundo lago de água doce da Terra.Muitas das espécies de peixes que se desenvolvem nas suas águas não podem ser encontradas em nenhum outro lugar na Terra. 
Como  a sua cobertura de gelo normalmente dura até Junho, os Astronautas da Estação Espacial Internacional ficaram alarmados ao ver uma grande área circular de gelo diluído perto do extremo sul do Lago em Abril de 2009. Para sua surpresa, havia também uma outra característica acima de uma Cordilheira Submarina, que divide o Lago. 
Embora a origem dos círculos seja um Mistério, o padrão distinto sugeriria que águas mais quentes eram trazidos para a Superfície, mas a actividade hidrotermal nunca foi observada sobre a água muito profunda na ponta Sul do Lago.
Mas vamos lá ver ao pormenor,porque este Lago é tão importante para a Ciencia...
O Lago Baikal tem 31,494 km quadrados;650 km de comprimento e entre 29 e 80 de largura) e tão profundo(1.637 metros, mesmo se todos os sedimentos fossem extraídos chegaria a 9 km) contendo 20 por cento da água doce não congelada, isto é, simplificando, a água doce do Planeta.

Sim, você leu certo,este Lago é o lar de quase um quarto das reservas de água doce do Mundo.
O Lago Baikal é o lago mais antigo conhecido,tem 25 milhões de anos. Durante séculos,foi um lugar considerado Sagrado pelos aAsiáticos, e ainda sobrevivem em torno do lago partes de edifícios rituais das Tribos que peregrinavam a Baikal para investir-se da sua energia. Mesmo hoje as suas águas, ricas em Oxigenio e com pouca presença de sais minerais, são utilizados para alguns tratamentos médicos .
Embora as condições meteorológicas sejam um pouco extremo (no Inverno chegar até 45 graus abaixo de zero),o Lago Baikal é também um refúgio para a fauna e flora. Além de espécies endemicas, como as Focas e o Esturjão, o Peixe Golomjanka e o Caranguejo Epishura (um animal minúsculo, cujo papel é fundamental na cadeia alimentar, que filtra a água através do seu corpo), você pode deliciar-se com uma biodiversidade extraordinária; 1.600 tipos de Animais e 800 plantas  foram catalogadas até agora.
Não é de admirar, então, que o significado da palavra Baikal, a partir da linguagem Turka, significa "Lago Rico": "Bai", rico; "Kul"Lago . Portanto, o Baikal é também conhecido como "A Galapagos Russa"; também como "O Olho Azul da Sibéria" e "Pérola da Ásia".
No fundo do lago existe uma pirâmide de aço inoxidável com o escudo da Rússia. Um símbolo da primeira missão que conseguiu chegar ao fundo em 29 de Julho de 2008, com os Submarinos Russos Mir-1 e Mir-2.

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

A Civilização Micenica...


Os Micenicos vieram do centro da Europa para a Península Grega e viveram na Planície de Argos no Leste da Grecia.
Foi um longo caminho, atravessando montanhas, para chegar a uma terra que nem era tão extensa e era pouco propícia a ser cultivada.
Como uma grande área era ocupada por campos, quase não havia pasto para criação do gado, o que havia eram as oliveiras e as vinhas.
De certo, para assegurar sua sobrevivência e seu futuro, o povo Micenico voltou-se para o mar.
A sua Era de Grandeza começou a 1600 a.C.,nessa altura eles começaram a Construir Cidades Defendidas por Muralhas,como Tirinte,Pilos e Micenas.A Cidade de Micenas(que dá o nome á Civilização) tornou-se a mais poderosa Cidade Grega e era Dominada por uma enorme Cidadela,numa Colina,com uma entrada Magnifica em pedra”A Porta do Leão”,iniciada no Sec XIII a.C.
Micenas,era a cidade de Agamenon que, de acordo com Homero, foi o mais importante dos Reis Gregos que lutaram contra Tróia, foi encontrada por Heinrich Schliemann em 1876.
Aparentemente, havia logo abaixo do rei uma aristocracia militar, que era dona de vastas extensões de terras.
A base da sociedade Micenica eram os trabalhadores livres e os escravos,mas a sociedade Micenica era essencialmente guerreira e os  seus Palácios e Cidades eram rodeados de altos muros.
As suas riquezas principais eram o trigo, o azeite e o vinho. Havia indústria têxtil (lã e linho), a metalurgia do bronze (armas)e também a cerâmica. Sem dúvida a agricultura era básica. A economia era centralizada na figura do Rei.
Através dos achados Arqueológicos, sabemos que havia um comércio desenvolvido uma vez que vasilhas Micenicas foram encontradas na Ásia Menor, Síria, Egipto,Chipre, na Itália e na Península Ibérica.
As tumbas também são típicos exemplos da arquitectura deste povo, chamadas "Tholoi", são edifícios escavados na rocha, em planta circular e tecto em forma de cúpula.
O mais famoso túmulo do genero é o Tesouro de Atreu, nome dado por Schliemann em 1876-1877, e lá, foram encontrados copos, colares e máscaras mortuárias em ouro.
Noutras tumbas também foram encontradas adagas, espadas, escudos e capacetes.
Ao que parece, foram os Micenicos que aboliram a figura da Deusa-Mãe como principal Divindade de Culto.
Para os Micenicos o Deus maior era Poseidon, que, curiosamente, eles adoravam como Deus da Terra.
As Divindades Femininas eram respeitadas cada qual dentro da sua atribuição, como vamos ver mais tarde na Grécia, Atenas, Hera, etc.
No final da época Micenica, o Deus principal passou a ser Zeus que era o protector da Dinastia Real de Micenas.
Após a Queda da Civilização Minóica,os Micénios ocuparam Creta e prosseguiram o Comercio Maritímo dos Minóicos.O povo Micenico está documentado em Creta entre 1450 e 1400 a.C.
Fundaram Colonias em Rodes e Chipre.,e continuando a Navegar para o Mediterrâneo Ocidental,fizeram Trocas Comerciais com a Sicilia e a Italia.Converteram a Escrita Minoica numa forma de Grego para o seu uso.
Micenas foi Invadida mais de uma vez durante o Sec XII a.C. e caiu finalmente,como Civilização,quando a Cidade foi Destruida por volta de 1120 a.C.
A Tradição atribui o desaparecimento dos Micenicos à chegada dos Dórios.
O que ocorre é que com a decadência da Civilização Micenica, acaba o poder marítimo de Creta, a ilha se divide em cidades-estado e se torna uma parte sem importância do mundo grego.